downloadMutuários inadimplentes da Cohapar podem regularizar a situação de seus imóveis. Isto é possível graças a um convênio com o Tribunal de Justiça do Paraná, Ministério Público e Defensoria Pública, assinado em agosto pelo governador, que coloca em prática o Programa de Recuperação de Crédito, que foi instituído pela Lei 17.627, de 17 de julho de 2013.

O objetivo do programa é atender 26 mil famílias que possuem mais de três prestações do financiamento da casa própria em atraso. O total da dívida é de R$ 142 milhões. O programa prevê isenção de até 100% de juros de mora e multa.

Os financiamentos são feitos pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e administrados pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar).

Cada caso será analisado individualmente, por meio de audiências de conciliação em todo o Estado. O objetivo é que as pessoas consigam quitar suas dívidas, sem que haja comprometimento da renda familiar. Os acordos serão homologados pelo Tribunal de Justiça.

Benefício
O processo de negociação trará benefícios para todas as partes. O Estado receberá o pagamento dos imóveis, o Tribunal de Justiça reduzirá o número de processos e os mutuários terão suas parcelas revistas e a garantia de propriedade do imóvel.

O presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, explica que o principal objetivo do convênio é garantir às famílias a segurança de propriedade dos seus imóveis. “Os recursos pagos pelos mutuários serão aplicados inteiramente na construção de novas casas populares”, afirmou.

Mais informações sobre o programa podem ser obtidas pelo telefone 0800 645 00 55.