Av. Coronel Otávio Tosta, nº 126 - Centro - GUAIRA - Paraná
(44) 3642-9900
imprensa@guaira.pr.gov.br
Webmail
Memorando Online

ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Visualizada 176 vezes

Quarta-feira, 04 de Julho de 2018

Reunião do Conselho de Saúde aborda assunto sobre cotas de exames eletivos.

Na última terça-feira(04), foi realizado o encontro mensal do Conselho Municipal de Saúde, na unidade Central.

Na reunião foram abordados vários assuntos entre eles a nova divisão de território para atendimento das UBS (Unidade Básica de Saúde). Foi feito um novo estudo no mapa populacional dos bairros e readaptado algumas áreas, como por exemplo a unidade da Vila Alta, que teve parte da sua população remanejada para a unidade do Jardim Zeballos.

Outro assunto abordado foram as capacitações que estão sendo realizadas em todos os departamentos da saúde e com todos os profissionais. As capacitações trabalham assuntos específicos, como a qualidade de atendimento e a gestão plena dos procedimentos.

Foi explicado também, que dentro do planejamento da saúde, foi diagnosticado a necessidade de se fazer uma classificação de risco cadastral em relação ao hipertensos e diabéticos. Explicaram que nem todo diabético ou hipertenso tem o mesmo risco e isso deve constar na ficha cadastral do paciente. Sendo assim iniciaram um processo de estratificação desses pacientes. Esse processo inclusive ocasionou um aumento na demanda de exames considerável, o que resultou em outro assunto, que esteve em alta nas redes sociais nos últimos dias.

O diretor administrativo da Saúde, José Gonçalves, apresentou a planilha de valores, o método de divisão e de distribuição aplicado no sistema de saúde municipal. Gonçalves esclareceu que, a saúde, não só a municipal, mas sim na esfera federal e mundial, trabalha com limites orçamentários. Esses orçamentos, no caso de Guaíra, são liberados em três cotas durante o mês corrente. As cotas seriam para atender os casos dentro do mês. Porém sempre no 1º dia da liberação da cota, há uma concentração de pacientes, que acaba usufruindo todo o saldo orçamentário permitido para um período semanal. Ele disse que essa cota não apresentava problemas, atendia todos os casos de exames eletivos dentro da normalidade. Mas, com o novo processo de estratificação de risco cadastral, o número de exames solicitados pelas UBS aumentou consideravelmente, o que ocasionou um "over" nas cotas semanais de exames. Ele ressaltou várias vezes, que esse sistema não sofreu alterações, mas, sofreu aumento da demanda, disse ainda que o problema já está sendo estudado pela equipe de gestão e tende a ser sanado nos próximos dias.

O secretário de Saúde, Marcos Rigolon, chamou a atenção para os casos de pacientes que agendam consultas eletivas e não comparecem. Cerca de 25% dos pacientes agendados para consultas eletivas aqui em Guaíra ou na regional, faltam. O secretário disse que isso tem que acabar, que é necessário uma mudança cultural rápida, pois quem não comparece toma o lugar de outra pessoa que realmente precisa do serviço. O secretário também falou sobre as vagas de UTI, explicou que Guaíra depende de um Central de Leitos que atende toda a região. Essa central é a responsável por avaliar casos de várias cidades e definir qual é a prioridade para a liberação de vagas de UTI.

Os conselheiros presentes lamentaram a ausência da comunidade e de outros membros. Disseram que a participação mais efetiva das comunidades, poderia trazer mais consistência as ações, que são deliberadas pelo conselho.

Ao final Marcos e Gonçalves deixaram algumas palavras muito importantes. Disseram que a saúde de Guaíra trabalha em atacado, ou seja, para todos. Que o sistema é informatizado e a triagem nunca fora tão importante para realmente salvar vidas e atender os casos prioritários. Eles estão conscientes que nada é 100%, mas que gerir é isso, é diagnosticar o problema e apresentar soluções e isso tem sido feito. "O que não pode acontecer é retroceder no tempo, onde o fulano A, o fulano B entravam aqui e ganhavam um carimbo do amigo, do conhecido para ser atendido ou encaminhado rapidamente", enfatizou Gonçalves.

"O sistema é ÚNICO, o que vale pra um, tem que valer pra todos. É isso que estamos tentando fazer", finalizou Marcos Rigolon.


 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta-feira - Manhã 07:30 às 12:00 - Tarde 13:30 às 17:00
Av. Coronel Otávio Tosta, nº 126 - Centro - GUAIRA - Paraná
(44) 3642-9900
imprensa@guaira.pr.gov.br
Data da Última Atualização: 21/09/2018 17:04:43